Foi aprovada, pela 40ª Conferencia Geral, a lista de aniversários a cuja celebração a UNESCO se irá associar no biénio de 2020-2021. Entre eles o centenário do nascimento de Amália Rodrigues, fadista, compositora e atriz portuguesa.

A proposta de associação foi apresentada por Portugal, com o co-patrocínio de Angola, Brasil, Cabo Verde, Espanha, França e Moçambique, e havia sido endossada pelo 206º Conselho Executivo, em abril de 2019. Com esta decisão a UNESCO reconhece o impacto e o legado de Amália, valorizando o fado, que foi inscrito em 2011 na lista representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade.

imagem1Amália da Piedade Rebordão Rodrigues, fadista compositora e atriz portuguesa (1920-1999)

  • Partilhe